top of page

A pedido da ASSOAJAF-GO, Fenassojaf ingressa em recurso que trata da compensação dos plantões no TRF-1


A ASSOJAF-GO busca, com recurso protocolizado na Corte Especial do TRF-1, reverter decisão de primeiro grau que negou pedido de um grupo de Oficiais de Justiça de Goiás para que os plantões sejam compensados em regime de sobreaviso, em folgas computadas diariamente ou em pecúnia, nos moldes do que ocorre com os magistrados. Visando fortalecer a presente tese, a ASSOJAF-GO solicitou o apoio da Fenassojaf, que ingressou como interessada no pleito.


Conforme relata o presidente da ASSOJAF-GO, Fúlvio de Freitas Barros, o grupo de Oficiais de Justiça entrou com o pedido junto à Sessão Judiciária de Goiás. O Diretor do Foro negou a demanda e um recurso foi protocolizado no Tribunal. Ao tomar conhecimento, a ASSOJAF-GO solicitou inicialmente que o Sinjufego ingressasse no pleito como interessado.


No TRF-1, o pedido foi negado, porém não por unanimidade, mas com voto contrário. “Isso abriu a possibilidade de ingressarmos com recurso na Corte Especial do Tribunal. Solicitamos o apoio, então, da Fenassojaf para imprimir ainda mais força à nossa demanda em defesa dos direitos dos colegas Oficiais de Justiça”, detalhou Fúlvio. O recurso ainda espera julgamento.


Assessoria de Comunicação da ASSOAJF-GO | Ampli Comunicação

45 visualizações

Comments


bottom of page