Agilidade no trabalho e fora dele



A agilidade e a concentração que Adrian Magno, 44 anos, tem no cumprimento dos seus mandados e nas suas tarefas no oficialato desde 2011 também podem ser vistas quando o Oficial de Justiça e presidente da ASSOJAF se dedica ao seu esporte favorito: o tênis de mesa. Em 2013, ele se tornou atleta amador, quando participou pela primeira vez da Olimpíada Nacional da Justiça do Trabalho, realizada anualmente com a presença de servidores da Justiça de todo o País. Esta se tornou uma agenda fixa na vida de Adrian, que também compete nas modalidades: xadrez, atletismo e tênis de quadra.


Mas é no tênis de mesa que ele se destaca e consegue tirar a cabeça completamente do trabalho e dos problemas diários. Seja individualmente ou de dupla, ele aprendeu a encurvar a bola, a dar efeito a cada jogada e a sentir muita alegria quando o resultado do jogo é uma medalha. “Aprendi a jogar ping-pong quando criança, quando meu pai comprou uma mesa para a nossa casa. O tênis de mesa tem o mesmo princípio, mas exige técnica e dedicação”, explica o Oficial, que já faz aulas para melhorar seu desempenho.


“Eu sinto um prazer, eu gosto de estar na mesa. É pra mim uma terapia, eu concentro na mesa, eu gosto de competir, então pra mim é o que mais dá prazer no esporte”, conta Adrian, que pelo menos duas vezes por semana se dedica à atividade. O resultado são algumas medalhas acumuladas em casa. Na última competição, ele foi ouro em dupla e prata na categoria individual. Além disso, na última etapa do Goianão, ele se consagrou no nível A, resultado da sua melhor fase no esporte.


Além das aulas e dos treinos, Adrian também pratica musculação para melhor desempenho nas horas de jogo. As únicas ausências da mesa foi durante a pandemia e para curtir o nascimento da filha, que já brinca com a raquete quando acompanha o pai. Agora, ele se prepara para nova etapa do Goianão em novembro e depois para as Olimpíadas da Justiça do Trabalho em 2023.


O relato de Adrian Magno com o esporte encerra a série Vida Fora do Oficialato, que reuniu histórias de Oficiais de Justiça e as muitas atividades que realizam entre um mandado e outro.


Assessoria de Comunicação da ASSOJAF-GO | Ampli Comunicação

36 visualizações