COVID-19: ASSOJAF-GO reitera pedido de priorização de vacinação para Oficiais de Justiça



A ASSOJAF-GO oficiou mais uma vez as administrações da Seção Judiciária de Goiás e TRT-18, nesta semana, solicitando que os gestores renovem pedido ao governo do Estado e à Secretaria de Estado da Saúde para que os Oficiais de Justiça sejam incluídos no cronograma de vacinação contra a Covid-19. A associação reiterou o pleito tendo em vista a edição da Resolução n° 30 da Coordenação da Comissão Intergestores Bipartite do Estado de Goiás (CIB), que trata da vacinação prioritária das Forças de Segurança.


Nos pedidos, a ASSOJAF-GO destaca que levantamento feito pelos Tribunais informam que há 178 Oficiais de Justiça na ativa, 84 deles na Seção Judiciária e Subseções de Goiás e 94 no TRT-18. "O serviço desempenhado pelos Oficiais de Justiça está na linha de frente do Poder Judiciário, fato que torna prudente a inclusão dos servidores nos grupos prioritários de vacinação, a exemplo dos servidores da Segurança Pública", justifica o presidente Paulo Alves de Carvalho Júnior.


A ASSOJAF-GO reitera que os oficiais de Justiça colocam suas vidas em risco no cumprimento das determinações judiciais. Nesta pandemia, 66 já perderam suas vidas em serviço, contaminados pelo novo coronavírus, inclusive em Goiás. "Importante ressaltar que o custo da vacinação, em relação ao benefício obtido, é ínfimo para os cofres públicos e para a sociedade", frisa a vice-presidente da ASSOJAF-GO, Juliana Cristina Pazeto. "Já o benefício será de grande dimensão, pois a imunização possibilitará o destravamento do cumprimento dos mandados e a consequente eficácia da prestação jurisdicional."


Fonte: Assessoria de Comunicação da ASSOJAF-GO | Ampli Comunicação

21 visualizações

MENU

​ÁREA RESTRITA

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Rua 115, 662, Qd F-36, Lt 86

St. Sul, Goiânia, GO 74085-325

Assine nosso informativo

e acompanhe nossas ações.

©2018 Ampli Comunicação