Diretoria da ASSOJAF-GO reúne para discutir assuntos de interesse da categoria

Atualizado: 9 de Mai de 2018

Diretoria da Associação dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais do Estado de Goiás (ASSOJAF-GO) reuniu-se no último sábado, 15, para tratar de assuntos de interesse da categoria. Ao todo, 8, dos 15 membros do quadro diretivo da associação, lotados no interior, em Goiânia e Região Metropolitana compareceram à reunião.


Marcaram presença os seguintes integrantes da Diretoria da ASSOJAF-GO: Eduardo do Valle Silvestre (presidente); Fúlvio Luiz de Freitas Barros; Fábio de Paula Santos; José Pereira Neto; Tatyana Porto Tavares Justino; Alessandra Alves de Morais Nunes; Gina Brasileiro de Freitas Fogaça; Sônia Gundim Silva; e Heitor Paim Farias Júnior. Participaram ainda as oficialas Sílvia Teresa Pereira; Audrey Ferreira Artiaga Moreno; e Luciana Vilela R. Gondim, que também contribuíram com as discussões, porém sem direito a voto.


Entre os assuntos que foram discutidos pelos diretores, destaque para aposentadoria especial dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais; porte de arma para estes servidores; criação do cargo de Oficial de Justiça Avaliador Federal; criação de lei orgânica contemplando a carreira do oficialato federal; passivos devidos aos associados; a atuação concreta das entidades representativas nacionais nestas e em outras questões essenciais à função do Oficial de Justiça; eleições diretas realizadas pelas entidades representativas nacionais; eleições na Federação Nacional das Associações dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais (Fenassojaf); eleições dos delegados que representarão a ASSOJAF-GO nas próximas eleições da Fenassojaf; e propositura do lançamento da campanha sistemática de conscientização política em nível nacional: Eu contribuo, eu quero votar!

O diretor Fábio de Paula fez um breve histórico da atuação da ASSOJAF-GO e da Assojaf de São Paulo, bem como das demais entidades de classe representativas dos Oficiais de Justiça junto ao Congresso Nacional no que diz respeito aos temas aposentadoria especial; atividade de risco e porte de arma. Quanto à lei orgânica que contempla o oficialato federal e a criação de cargo de Oficial de Justiça, os diretores convocam os associados a iniciarem um trabalho nesta direção, buscando inclusive parecer jurídico do Sindjufego referente aos passivos trabalhistas.


O presidente Eduardo do Valle defendeu, junto aos presentes à reunião, eleições diretas para a Fenassojaf. A defesa do presidente foi inclusive tema de tese apresentada pela delegação de Goiás que viajou ao 8º Congresso Nacional da Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e Ministério Público da União (8º Congrejufe), realizado em abril desse ano.


Os diretores também deliberaram sobre a realização de uma cobertura jornalística qualificada sobre a participação da delegação goiana dos Oficiais de Justiça no Congresso Nacional dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais, que será realizado em setembro, na Bahia.


Fonte: Assessoria de comunicação da ASSOJAF-GO | Ampli Comunicação

20 visualizações

MENU

​ÁREA RESTRITA

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Rua 115, 662, Qd F-36, Lt 86

St. Sul, Goiânia, GO 74085-325

Assine nosso informativo

e acompanhe nossas ações.

©2018 Ampli Comunicação