Morre 3º oficial de Justiça vítima de coronavírus em São Paulo



Nesta terça-feira (07/04) mais um oficial de Justiça morreu em decorrência de infecção por coronavírus. João Alfredo Portes, 62 anos, era lotado na Central de Mandados do Fórum João Mendes, no bairro Liberdade, e estava internado na UTI devido à infecção pelo novo coronavírus e não resistiu.


Em nota, a Associação dos Oficiais de Justiça do Estado de São Paulo (Aojesp) afirma que “João era um Oficial de Justiça primoroso e tinha orgulho disso. Era nosso colega, associado, amigo, uma pessoa de sorriso fácil, abraço farto e bondade extrema, sempre solidário e muito querido por todos os seus colegas de profissão. Sempre tinha um "causo" para nos contar e adorava compartilhar suas experiências de vida”.


João Alfredo Portes é a terceira vítima fatal da pandemia entre os oficiais de Justiça do estado de São Paulo. Além dele, os oficiais de Justiça José Dias Palitot e Clarice Fuchita Kresting, ambos do TRT da 2ª Região, também não resistiram ao novo vírus.


Apesar das mortes, ainda há alguns tribunais no Brasil que não estão fornecendo equipamentos de proteção aos seus oficiais de Justiça, colocando em risco a saúde desses profissionais e também das pessoas que são destinatárias de ordem judicial.


A Diretoria da ASSOJAF-GO se une aos colegas Oficiais de Justiça de São Paulo, aos familiares e amigos de João Alfredo neste difícil momento.


Ouvidoria do CNJ

Casos de não fornecimento de EPIs aos oficiais de Justiça pelos tribunais são graves e podem ser relatados na Ouvidoria do Conselho Nacional de Justiça. Veja como acionar a ouvidoria do CNJ:

Formulário eletrônico: clique AQUI para acessar.


Telefones:

(61) 2326-4615 – das 9h às 14h

(61) 2326-4607/ 2326-4608 – das 14h às 19h


Fonte: InfoJus Brasil

39 visualizações

MENU

​ÁREA RESTRITA

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Rua 115, 662, Qd F-36, Lt 86

St. Sul, Goiânia, GO 74085-325

Assine nosso informativo

e acompanhe nossas ações.

©2018 Ampli Comunicação