Nota de pesar pelo assassinato, no Pará, do Oficial de Justiça Clayton Nazaré


A ASSOJAF-GO manifesta profundo pesar pelo assassinato, nesta quarta-feira (29/06) do Oficial de Justiça Clayton Nazaré do Socorro Martins Mesquita, de 46 anos, em Novo Repartimento, na Região Sudeste do estado do Pará.


Segundo informações preliminares, o Oficial de Justiça foi morto no final da manhã de hoje no bairro de Aparecida, naquele município. Ele estava em uma moto com um colega quando foi surpreendido por dois homens em uma outra motocicleta. A vítima foi baleada e ainda teve alguns pertences roubados. Clayton era lotado no Fórum da Comarca de Repartimento.


De acordo com o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Estado do Pará, o Serviço de Inteligência do estado já foi acionado para ajudar na elucidação do crime. "Ser Oficial de Justiça no Pará vai além de um desafio, sendo um ato heróico", destacou o sindicato, em nota divulgada mais cedo. O sindicato denuncia que diversas comarcas contam com pouco efetivo policial e pouca, ou nenhuma estrutura para o desenvolvimento da atividade.


Como entidade representativa dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais em Goiás, a ASSOJAF-GO reforça a necessidade de implementação de ações que promovam a segurança dos servidores no exercício da função, que acaba colocando em risco, diariamente, a vida dos Oficiais de Justiça brasileiros.


Aos familiares, amigos e colegas de Clayton Nazaré, a ASSOJAF-GO presta a sua solidariedade.


Assessoria de Comunicação da ASSOJAF-GO | Ampli Comunicação

316 visualizações