Sinjufego tem ação que afasta cobrança do custeio do auxílio-creche


Sinjufego tem ação coletiva que visa o afastamento da cobrança da cota de participação do servidor no custeio do auxílio-creche, bem como objetiva reaver os retroativos descontados indevidamente nos últimos cinco anos.


Para a assessoria jurídica do Sinjufego, Cassel Ruzzarin Santos Rodrigues Advogados, não pode a União instituir cota parte ao servidor sobre a referida parcela indenizatória, afastando-se de parte de sua obrigação sem autorização legal.


Destaca-se ainda que a cobrança da cota de participação do servidor no auxílio pré-escola não encontra amparo legal, tampouco resulta de decisão judicial, portanto não se enquadra nas possibilidades de desconto em folha sem autorização, na disciplina da Lei 8.112/1990.

O sindicato obteve sentença dando procedência aos pedidos. Irresignada com a sentença, a União interpôs recurso de apelação, objetivando a reforma do julgamento em segunda instância.


A equipe do Jurídico do Sinjufego já apresentou as contrarrazões ao recurso da União, na tentativa de manter o julgamento de procedência dos pedidos. Atualmente a tramitação encontra-se com vista à AGU. Veja o andamento atualizado processual da ação coletiva.


Fonte: Sinjufego

MENU

​ÁREA RESTRITA

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Rua 115, 662, Qd F-36, Lt 86

St. Sul, Goiânia, GO 74085-325

Assine nosso informativo

e acompanhe nossas ações.

©2018 Ampli Comunicação