top of page

Diretoria da ASSOJAF-GO compartilha ações da entidade no 25º Congresso Internacional dos Oficiais de Justiça



Teve início nesta quarta-feira (08/05), no Rio de Janeiro (RJ), o 25º Congresso Internacional dos Oficiais de Justiça. Ontem, a Diretoria e o Conselho de Representantes da Fenassojaf se reuniram, previamente, para um debate sobre os principais temas do evento e a atuação pelos Oficiais de Justiça brasileiros.


Na ocasião, o presidente da ASSOJAF-GO, Fúlvio Luiz de Freitas Barros, pediu a palavra e informou aos colegas as ações realizadas pela Associação em prol dos Oficiais que atuam em Goiás. Ele citou, como exemplo, reunião recente que teve com o Juiz Secretário-Geral do Conselho Superior da Justiça do Trabalho, Bráulio Gusmão, com que tratou da criação de novos cargos de Oficiais de Justiça. Abordou, também, as consequências da redução do quadro de Oficiais de Justiça no âmbito da Justiça Federal, cuja realidade será combatida com atuação da entidade no TRF-1.


Além do presidente Fúlvio, o Diretor Jurídico-Legislativo da ASSOJAF-GO, Agoncílio Moreira Filho, o Conselheiro Fiscal, Fernando Vasconcellos da Silva, a Secretária Marissol Soares de Oliveira Moreira e a Oficiala Ana Flávia Vieira, da Justiça Federal, completam a delegação goiana no 25º UIHJ. A Oficiala e associada Juliana Barbacena, diretora da Fenossojaf e pertencente ao TRT-18, também participa, mas viajou como representante da Federação.


Abertura

Na sessão de abertura do Congresso, na manhã de hoje, a presidente da Fenassojaf, Mariana Liria, destacou a responsabilidade da Federação em sediar o primeiro evento da UIHJ em solo latino. E ressaltou a atuação da Associação Nacional pelo reconhecimento do risco da atividade exercida pelos Oficiais de Justiça no Brasil.


Mais de 50 países estão representados no Fairmont Copacabana Hotel para três dias de debates sobre a função em todo o mundo.


Na programação de hoje à tarde, ted talk sobre padrões profissionais, ética e disciplina; workshop com o tema “O reforço das normas profissionais como condição de confiança” e mesas redondas sobre padrões profissionais como garantidores da excelência jurídica e sobre a necessária (r)evolução da formação inicial e contínua.


Assessoria de Comunicação da ASSOJAF-GO (com informações da Fenassojaf)

16 visualizações

Comentários


bottom of page